Congresso de Humanidades Digitais em Portugal

Congresso de Humanidades Digitais em Portugal: construir pontes e quebrar barreiras na era digital

Debater o papel das Humanidades na academia e na sociedade é uma tendência de longa data. A confluência deste debate com o das transformações trazidas pela tecnologia digital também não é recente: não se pode falar de “novas tecnologias” para as Humanidades quando muitos investigadores recorrem ao digital há pelo menos quatro décadas, em disciplinas tão diversas como a Linguística, a História ou os Estudos Literários. Contudo, o impacto do recente discurso ligado às Digital Humanities tem levado a desenvolvimentos interessantes na investigação em Humanidades. Com efeito, têm-se dinamizado as redes entre investigadores de uma forma nunca antes vista, têm-se construído pontes entre as Humanidades e outras Ciências, têm-se quebrado barreiras disciplinares no seio das próprias Humanidades. O Congresso de Humanidades Digitais em Portugal pretende precisamente estimular essas intersecções, abrindo um fórum de partilha e discussão de resultados de investigação ou de projectos ainda em curso neste campo de conhecimento.

Temas gerais do Congresso: Sem prejuízo de outros temas que possam surgir mais tarde, o Congresso de Humanidades Digitais em Portugal convida os interessados a enviar propostas de comunicação ou cartaz que demonstrem ou discutam as potencialidades das Humanidades Digitais para a interdisciplinaridade dentro das Humanidades e com outras áreas de conhecimento, bem como para a produção de um conhecimento mais acessível e aberto. As comunicações serão organizadas em seis blocos temáticos:

  • Espaço: Exploração de dados georeferenciados nas Humanidades
  • Corpora: Recolha, anotação e pesquisa de grandes volumes de informação textual
  • Mundos virtuais: Recriação e exploração de ambientes humanos presentes e passados
  • Edição e preservação digital: Edições críticas electrónicas e preservação do património
  • Visualização: Construção de interpretações visuais de dados nas Humanidades
  • Ferramentas: Apresentação e discussão de software aplicado às Humanidades

Comissão Organizadora:

Daniel Alves, IHC e FCSH, Universidade Nova de Lisboa

Rita Marquilhas, CLUL, Universidade de Lisboa

Manuel Portela, CLP,  Universidade de Coimbra

Dália Guerreiro, CIDEHUS, Universidade de Évora

Comissão Científica:

Amélia Polónia, Universidade do Porto

Daniel Gomes, Fundação para a Computação Científica Nacional

Helena Barbas, Universidade Nova de Lisboa

José Luís Borbinha, Instituto Superior Técnico

Luís Espinha da Silveira, Universidade Nova de Lisboa

Manuela Martins, Universidade do Minho

Maria Isabel Rocha Roque, Universidade Europeia

Maria Manuel Borges, Universidade de Coimbra

Pedro Rangel Henriques, Universidade do Minho

Chamada para comunicações: A Comissão Organizadora apela ao envio de propostas de comunicação (15 minutos) ou cartazes ao Congresso de Humanidades Digitais em Portugal, a ter lugar na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, nos dias 8 e 9 de Outubro de 2015. As propostas devem ser registadas até ao dia 15 de Março de 2015, através da plataforma EasyChair (https://easychair.org/conferences/?conf=hdpt2015). Depois de efectuar o registo na plataforma como “Autor”, os proponentes devem registar o seu nome, contactos e filiação institucional, bem como o título, resumo (máx. 500 palavras) e palavras-chave (máx. 5) da sua comunicação. Todas as propostas passarão por um sistema de blind peer review, sendo os resultados dessa avaliação enviados para os proponentes até ao dia 15 de Maio de 2015. As comunicações e cartazes devem ser apresentados em português ou inglês. Está prevista a publicação de um conjunto seleccionado de comunicações numa revista científica com peer review no Verão de 2016. A Comissão Organizadora pode ser contactada através do endereço  congressohdpt@gmail.com

Inscrições:

– Inscrição com comunicação ou cartaz até 30 de Maio de 2015 (40€)

– Inscrição geral até 31 de Julho de 2015 (40€)

– Inscrição estudantes até 31 de Julho de 2015 (10€)

– Inscrição geral depois de 31 de Julho de 2015 (70€)

– Inscrição estudantes depois de 31 de Julho de 2015 (20€)

Brevemente serão disponibilizadas mais informações sobre as inscrições e o modo de pagamento.

Mais informações:

Página do Congresso: http://congressohdpt.wordpress.com/

Facebook: https://www.facebook.com/congressohdpt

Twitter: https://twitter.com/CongressoHDPT   —   #HDPT2015

Google+: https://plus.google.com/u/5/104055586971171341437/

Email: congressoHDPT@gmail.com

Apoios:

Instituto de História Contemporânea, Universidade Nova de Lisboa (http://ihc.fcsh.unl.pt/)

Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (http://www.clul.ul.pt/)

Centro de Literatura Portuguesa, Universidade de Coimbra (http://www.uc.pt/fluc/clp/)

Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora (http://www.cidehus.uevora.pt/)

Associação das Humanidades Digitais (http://ahdig.org/)

Fundação para a Ciência e a Tecnologia

II Seminário Internacional História e Língua – Interfaces

O  II Seminário Internacional História e Língua – Interfaces terá lugar no dia 23 de setembro de 2014 na Universidade de Évora. Os debates tocarão temas de extremo interesse para a comunidade das Humanidades Digitais, e contarão com a presença de diversos participantes da AHDig.

Confira a programação abaixo, e no site Bibliotecas e Humanidades Digitais.

 

II SEMINÁRIO INTERNACIONAL HISTÓRIA E LÍNGUA – INTERFACES
23 de setembro de 2014
LOCAL: Universidade de Évora/Sala de docentes do Colégio do Espírito Santo
ENTRADA LIVRE: Para receber certificado, é favor inscrever-se (cidehus@uevora.pt)

Programa

ABERTURA -11H
MANHÃ (11H00 – 13h)
PAINEL I – HISTÓRIA E LÍNGUA
11h15 – Conferência de Abertura – Maria José Borcony Finatto (UFGRS, RS, Brasil):Lexicologia no Projeto PorPopular: usos de verbos e de substantivos no jornal popular brasileiro
12h00 – Maria Filomena Gonçalves & Ana Paula Banza (DLL/CIDEHUS-UÉ): Projeto EDHiLP: fontes (meta)linguísticas na Biblioteca Pública de Évora

TARDE
PAINEL II – HUMANIDADES DIGITAIS
14h30 – Dália Guerreiro (CIDEHUS-UÉ): “E meu reino siga”: a leitura digital do testamento de Afonso II
15h15 – Maria Isabel Rocha Roque (Univ. Europeia):  Entre o real e o virtual: a construção do museu como espaço para o turismo criativo

Pausa (16h00-16h30)
16h30 – Paula Carvalho (Univ. Europeia): Análise Automática de Sentimento ao dispor das Humanidades e das Ciências Sociais
17h15 Daniel Alves (UNL/Instituto de História Contemporânea): Visualização e análise espacial nas Humanidades: o que ganhamos, o que perdemos?
18h00Conferência de encerramento – Paulo Quaresma (/DI, CITI) – Como pode a informática ajudar na análise e divulgação de documentos históricos?

DHandES 2014 – Digital Humanities and e-Science

DHandes_quadradoEstão abertas as inscrições para o DHandEs 2014, o 1o Workshop  sobre Humanidades Digitais e e-Science, organizado com o apoio da AHDig . O Workshop acontecerá entre 20 e 21 de Outubro de 2014, como parte da programação da e-Science 2014, a 10a Conferência Internacional sobre e-Science do IEEE, Institute of Electrical and Electronics Engineers, na cidade do Guarujá, no Brasil.

O Workshop é motivado pela constatação de que há uma intersecção entre as “Humanidades Digitais” e a “e-Science”, ainda que as respectivas comunidades de práticas nem sempre concordem quanto à extensão e forma desse espaço comum (cf. por exemplo [1], [2] e [3], referências abaixo).

A ideia do encontro é explorar esse terreno comum, expandindo-o. Para isso, o workshop pretende reunir e debater pesquisas em diferentes áreas das Humanidades e das Ciências Sociais com participação intensiva de recursos computacionais.

Essa “participação intensiva de recursos computacionais” pode transformar profundamente os campos do conhecimento – pois esses recursos não configuram simplesmente métodos mais eficientes para se explorar perguntas tradicionais: ao contrário, eles modificam e expandem o tipo de perguntas que podem ser formuladas. A computação, nesse sentido, não se configura como simples instrumento, e sim se constitui como parte da análise. Surgem daí questões teóricas, metodológicas e epistemológicas, tanto para os campo que recorrem à computação, como para a computação em si.

O debate em torno de questões dessa natureza tem sido intenso no campo das Humanidades Digitais, como sabemos. A ideia do Workshop é trazer esses debaters para o contexto da comunidade de e-Science.

Nesse espírito, o DHandES 2014 pretende reunir tanto contribuições de teor mais técnico, como também trabalhos que se dediquem à discutir questões teóricas e epistemológicas sobre a relação entre a computação e os diferentes campos das ciências humanas.

A chamada de trabalhos detalhada, as datas importantes e todas as demais informações relevantes estão em
http://dhandes2014.ime.usp.br

DHandES_longo

Referências

[1] Anderson, S., Blanke, T., Dunn, S., ‘Methodological Commons – Arts and Humanities e-Science Fundamentals’, Phil. Trans. R. Soc. A 28, vol. 368 no. 1925, 2010.  http://rsta.royalsocietypublishing.org/content/368/1925/3779.full.pdf+html

[2] Dunn, Stuart; Blanke, Tobias (eds.). Special Cluster: e-Science for the Arts and Humanities.  Digital Humanities Quarterly, 3.4, 2009. http://www.digitalhumanities.org/dhq/vol/3/4/index.html

[3] Jankowski, N. W. (2007), Exploring e-Science: An Introduction. Journal of Computer-Mediated Communication, 12: 549–562. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1083-6101.2007.00337.x/full

DH 2014

Estão abertas as inscrições para a DH 2104 , a conferência internacional anual da Alliance of Digital Humanities Organizations (ADHO , http://digitalhumanities.org), a ser realizada entre 8 e 11 de Julho.

Realizada ininterruptamente desde 1990, a DH é o evento mais importante do campo das Humanidades Digitais; neste ano, a conferência será realizada em Lausanne, na Suíça, como iniciativa conjunta da ADHO, da Universidade de Lausanne e da Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne.

Mais informações no site: http://dh2014.org/ .

Featured Image -- 555

Vídeos do I Seminário Internacional em Humanidades Digitais no Brasil

Os vídeos com as comunicações realizadas durante o I Seminário Internacional em Humanidades Digitais no Brasil“, entre 23 e 25 de outubro de 2013, na Universidade de São Paulo, foram anunciados pela Comissão Organizadora do evento:

O material contém a íntegra das 20 conferências e mesas, e está disponível como uma playlist no canal Humanidades Digitais, ,HD.br, no YouTube:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=AlWbAAayEUE&w=560&h=315]

As gravações foram feitas durante o Seminário, conforme divulgação na época, com o intuito principal de serem transmitidas ao vivo. Por isso, e também porque o auditório não opera ainda em sua plena capacidade, a qualidade das imagens está longe da ideal, como poderão notar. Entretanto, o áudio está muito bom e é possível ter pleno acesso ao conteúdo discutido.

Assim, e tendo em vista os inúmeros e constantes pedidos acerca da divulgação das palestras e das comunicações, a Comissão acreditou que valeria a pena anunciar esse conteúdo, pedindo desculpas pela baixa qualidade das imagens.

Antecipadamente agradecemos o seu interesse!

Bruna e Maria Clara,
pela Comissão Organizadora do
I Seminário Internacional em Humanidades Digitais no Brasil”
http://seminariohumanidadesdigitais.wordpress.com/

(Segue, também, a lista completa dos vídeos contidos na playlist, pela ordem da apresentação no Seminário):

História Digital: ensino, pesquisa e divulgação

O blog “Café História”, dinamizado pelo investigador Bruno Leal (UFRJ), vai realizar uma discussão sobre História Digital, com transmissão online de acesso livre. Será na próxima terça-feira, dia 26 de Novembro de 2013, às 20h30. Basta aceder à rede social Café História (http://cafehistoria.ning.com) nesse dia e horário para assistir. Não é preciso qualquer tipo de inscrição prévia.

I Seminário Internacional “História e Língua: Interfaces”

O “I Seminário Internacional ‘História e Língua: Interfaces'” acontece na Universidade de Évora, dia 4/12/13, com a participação de Ana Paula Banza, Dália Guerreiro e Maria Filomena Gonçalves, pesquisadoras do Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora (CIDEHUS) e participantes da AHDig.